Impressão Digital

Pegadas na areia. Marcas de água. Impressões digitais. Marcas a ferro e fogo. ADN.
Qual é o rasto que deixamos ao passarmos pela vida?
  clik1      clik2      clik3      clik4      clik5     clik6  

13 comentários:

Chapa disse...

Pouca coisa que tenha valido a pena, que faça a diferença para os que cá ficam. Um conjunto de memórias efémeras, como o pó em que nos tornamos.

Camarandante disse...

Dejar una huella, un rastro de que pasamos... qué bueno sería!

Muy buena tu foto, Abrazo

Abriles disse...

meencanta, me encanta eltitulo es atinadisimo. muy buena en verdad...

Álex disse...

enquanto estamos passando...os outros poderão dizer
eu vou tentando dar amizade, apoio, sorrisos, e ao D., quem mais me importa e me preocupa cá deixar (antes de tempo...e qdo será tempo...)tento dar amor, muito, compreensão e ferramentas (muitas também pq a vida é bela mas difícil)
também tento ter uma actitude ambientalmente correcta... o estado em que ficar do mundo após a minha partida tb. dependeu de mim.
e se isto nos leva para além do tema ambiental...não creio contribuir em muito mais do que tentar não ser indiferente ao que me rodeia...

XuanRata disse...

¿Está también en nuestra huella digital inscrito nuestro pasado como en la huella del árbol? Sí, lo está, pero no el pasado de nuestra vida, sino el de nuestra especie. Pero la huella que dejamos para el futuro es mucho menos elegante que la que has plasmado en esta imagen.
Preciosa metáfora.

CybeRider disse...

Interessantíssimo! E aquela cena da confusão com o Franco... :))))
O que consumimos também se refelecte e de que maneira no que nos rodeia. Além disso ninguém gosta de pessoas com duas caras; mas são muitas vezes os que deixam as marcas mais indeléveis; a verticalidade ainda é um osso duro de roer.

L.Reis disse...

Deixamos um rasto de vontades que o tempo se encarregará de apagar...ou não...

jugioli disse...

Linda reflexão.
Deixar um pouco em tudo, sempre vale a vida.
@dis-cursos

sonia a. mascaro disse...

Uma beleza! Sem palavras!

Paulo - Intemporal disse...

100 palavras

e um beijo enorme pela selectiva escolha e enorme bom gosto.

RICARDO BLAUTH disse...

corte feito
o fogo termina
pouco fica
resta vida?

quem sabe raizes
profundas renasçam
resgatando o quase
nada que resta

a imagem é forte
faz pensar
o impacto sofrido
a marca gravada

Caçador disse...

Ricardo, prazer em conhecer.
Obrigado pelo comentário e pelo link. Tentei comentar lá no seu sítio mas não descobri a janela dos comentários.
Abraço.

RICARDO BLAUTH disse...

ALO CAÇADOR

O PRAZER É MEU
FOTOGRAFO AMADOR
DESDE MEUS 9 ANOS
E LÁ SE VÃO
MAIS DE SESSENTA

REALMENTE MEU BLOG INICIAL
NÃO ACEITA COMENTÁRIOS
JÁ FIZ DE TUDO
E NADA RESOLVE

COLOQUEI ENTÃO AVISO
MEUS OUTROS BLOGS
TEM COMENTÁRIOS
no link que deixei
junto ao meu nome
cairás noutro blog
onde escrevo
CRONICAS e TEXTOS

ACREDITO QUE VAIS GOSTAR
POIS ESCREVES MUITO BEM
SÃO CRONICAS ATEMPORAIS
MINHAS VIVENCIAS
EXPERIÊNCIAS
DE FELIZ EX-EMPRESÁRIO
AGORA "FAZENDO ARTES"

SOBRE A FOTO TUA
MAIS UMA VEZ
PARABENS PELA IMAGEM CAPTURADA
FORTE, IMPACTANTE.....
.......FAZ PENSAR

ABRS