A Espera


clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikChapa    clikRaq    clikCybeRider    clikCristina    

22 comentários:

chanclas disse...

Gran simbolismo el de la imagen. Todos estamos a la espera de pasar al otro lado del muro pero como en tu click "El cielo puede esperar".
Magistral como de costumbre tu B/N.
Abrazos.

XuanRata disse...

Hombre, creo que para esta espera no hace falta guardar cola ni preguntar quien es el último. Pero si buscar buena compañia mientras la espera dure. Esas antenas en el horizonte son también otra forma de aguardar mirando hacia otra parte.
Tremenda foto, caçador, con ese punto de vista desde un altura que sobrevuela estas esperas terrenales.

Ángel disse...

Joderrrrr, parece que está tomada desde el punto de vista de "la parca". Excelente, muy bien "caçada", con un blanco y negro de autentico maestro.

un abrazo

Chapa disse...

O teu baú marroquino é uma espécie de caverna de Ali Babá. De vez em quando solta um tesouro.
http://www.youtube.com/watch?v=7UMALzz0Q6s

Margaridaa disse...

A fotografia (como sempre) está muito boa, mas a ideia...hum...não é lá muito inspiradora!!

Raq disse...

Continuo a sentir arrepios...
O meu clik é uma homenagem ao Monsieur cent mille volts
http://www.youtube.com/watch?v=woRqrkbGVMo&NR=1

ci disse...

sempre é melhor estar do lado de fora... gosto muito do enquadramento da fotografia. onde é?

Sérgio Aires disse...

Que dizer? Excelente!

ruimnm disse...

É a grande espera da vida...
Mais um excelente P&B, como habitual.

Caçador disse...

El Jadida, Marrocos, em 2005.

haideé disse...

Sin cruces...
La placidez del que no teme... contrastes, eso es la vida...
Líneas,un árbol, personas... y esos desconchados... Todo un paisaje visual...
Un abrazo

William Alexander López disse...

La espera lo es todo para quien no lo tiene nada
He observado tus últimos trabajos en b&w, realmente muy buenas fotografías.
Te dejo mis saludos y un fuerte abrazo

Clarice disse...

... de passar a linha
ou pisar além
ou ver horizonte
em lugar de terra de ninguém
de ser um lugar
e não ser de toda a gente
de dizer palavras
e soltar sementes
sem estender a mão
de deitar a alma toda no coração...

*esta é linda!!

luisM disse...

Título bem apanhado, caramba!

CybeRider disse...

Aposto que lhes gritaste:
Deixem lá isso! Não sabem que os anjos têm uma inveja enorme de nós?

http://www.youtube.com/watch?v=8gI3QUsXO7E


Abraço!

ci disse...

mai do que um clik desta vez veio à memória a frase de Marguerite Duras: "Quando eu morrer não morro quase nada porque o que me define já saiu de mim".
bjs

cristina disse...

é uma ideia perfeita e a imagem é mesmo muito bonita. despoletam sensações ambivalentes, como não poderia deixar de ser com os imensos "temas" que arrastam consigo. foi difícil encontrar uma ilustração sonora que não "violentasse" a delizadeza deste estado de graça. não sei se consegui, mas aqui fica :-)

http://www.youtube.com/watch?v=qqsyXdj_p_I

Caçador disse...

Ora aí está um excelente título Cristina, sem surpresas.

alice disse...

junto das pedras, também os homens são pedras... é fortíssima a imagem. parabéns!

JMV disse...

Gosto desta sobreposição de planos,milhares de mundos.

uminuto disse...

um simbolismo muito fprte o desta imagem...uma dupla espera

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Aqui me pergunto, qual o lado de dntro e qual o lado de fora. Quem está mais vivo, ou mais morto?

Teus olhos vêem além.