saudade




Acordo todos os dias em pânico. A cama vazia ao meu lado é um membro amputado que ainda coço. Que ainda dói. Partiste assim tão à pressa, que eu ainda não me habituei. Não me consigo habituar. Por isso, vou ter contigo, sabes, já decidi. É só resolver por aqui uns assuntos, deixar as coisas em ordem.

Ontem comprei uma mangueira. Na drogaria não havia, tive de ir a uma dessas lojas grandes com nome estrangeiro. Não foi fácil encontrar o diâmetro certo. É vermelha e tem três metros. Se calhar é demais mas eu depois corto. Comprei também fita-cola - não dessa de escritório, mas uma cinzenta, quase metálica, larga e muito aderente.


Pus numa mala as coisas que tu mais gostas e deixaste ficar, o colar de pérolas, o anel grande com a pedra negra - nunca me lembro do nome da pedra - o vestido quase vermelho. O que eu gosto desse vestido vermelho! Espero não me esquecer de nada.


Já quase não durmo. Tenho sonhos estranhos em que não consigo ver o teu rosto. Acordo encharcado em suor e desespero. Sabes, não troquei os lençóis desde que te foste embora. Sorvo o teu cheiro da almofada como se fosse oxigénio. Tão ténue. Preciso de te respirar. Tenho de partir já. Já!


Agora estou no carro. Deixei a casa limpa e arrumada, como tu gostas. A loiça lavada e escorrida, a cama mudada. Despejei o o lixo sem me esquecer de separar as latas das garrafas e do papel, como tu fazias. Cancelei a assinatura do jornal, paguei as contas e reguei as plantas.


A mangueira já está colocada. Uma ponta enfiada no tubo de escape, bem presa com a fita-cola cinzenta, a outra ponta a entrar pela janela traseira direita, presa pelo vidro, mas sem a esmagar. O resto calafetado com a mesma fita, também as portas e as outras janelas. Foi uma boa compra esta fita-cola.


Ligo o automóvel. Pus a tocar um disco do Piazzolla. Encosto-me no assento, subo o volume e respiro fundo. Estou quase a chegar. Estou quase a chegar meu amor

clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikSilvares    clikMargaridaa    clikCi    clikChapa    clikClarice    clikAnaBarata    clikCristina    clikMicha    clikCybeRider    

33 comentários:

ruimnm disse...

O texto é inquietante, um murro no estômago.
E tenho a sensação que essas imagens são a hipótese do salto, se o carro não pegasse...

ruimnm disse...

Não tenho clik, fico-me com Piazzolla, não me sai da cabeça...

Silvares disse...

Um clik

http://www.youtube.com/watch?v=3Ii8m1jgn_M

Margaridaa disse...

Gosto sempre quando escreves , Caçador. Mas...é triste como o caraças!
Um clic? Bem, não é um tradicional, mas lembrei-me desta música (igualmente triste):
http://gnomon.nobolso.net/som/31-estados-de-espirito

Um beijinho

Susanne Alm disse...

So sad and tragic....

Gabiprog disse...

Salpica poder!

Gabiprog disse...

Buen fin de semana!

Chapa disse...

Imagina a quantidade de faixas do Piazzola, que ele vai ter de ouvir, até descobrir que o carro é eléctrico.

Clarice disse...

Ai, Caçador... agora tenho que ir trabalhar, mas logo vou-te salvar... vou encontrar músicas que te salvem...

* quando tu escreves assim fico sei lá como!!!

beijo

Merce disse...

A saudade que se crava no corazon, e unha vez ali xa non hai xeito de arrancala.

gustame o teu texto e esa auga salgada que bate nas rochas coma a saudade na ialma.

Biquiños

kiko esperilla disse...

Si hay una palabra que adoro del portugués (o del gallego) es esa y además no tiene una traducción precisa al castellano porque ante todo es un sentimiento. Saudade es... saudade.
Y es lo que provoca tu relato y tus bellas fotos querido amigo: Me parten el corazón.

ci disse...

sem palavras, daí: http://www.youtube.com/watch?v=l3JOpDd-g_U

El Pinto disse...

Me gusta tu propuesta, por lo qaue seguiremos en contacto.
Saluds

Ángel disse...

Escalofrío me ha producido el relato y la vista de las fotografías. Se puede añorar tanto a alguien? ... está claro que sí. Nostalgia, desazón, angustia existencial y en el transfondo un profundo romanticismo.
bravo compadre, bravo!!!!
un fuerte abrazo

Chapa disse...

Tanta saudade merece um beijo sobre essas águas.
http://www.youtube.com/watch?v=rU-0RP4UGoM

Clarice disse...

sobre a saudade...

http://www.youtube.com/watch?v=gzxVBXCP1jg

... e por favor abre outra janela do carro e não o ligues, olha o mar que pode não ser só saudade ...

Catarina disse...

Cuanta fuerza, magnificas todas...un abrazo y buen finde

ana barata disse...

deixas-me sem palavras e com um nó na garganta.

ana barata disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Wl7PDCqsF7Y&feature=related
beijo

José Manuel Vilhena disse...

Eh pá,gosto do texto.Está forte e muito bem escrito,prende.Tanto como as fotografias.Já estou neste espaço branco das letras e ainda tenho o preto e branco de ambos colado à retina.

cristina disse...

(.......)
só não posso deixar de acrescentar que estas imagens, aqui, são o Absoluto. três, sim, são três as instâncias, até...

http://www.youtube.com/watch?v=oGDx5D3sLz8

(maravilhoso)

Paulo F disse...

Foda-se de tão bom!
pf

ma grande folle de soeur disse...

o nome da pedra do anel é ... turmalina ;)

Remus disse...

Depois de ler o que li, acho que nem preciso de procurar links.
Só o próprio texto já chega.

William Alexander López disse...

Cada una de ellas contiene una fuerza implicita, muy buenas !
Te dejo mis saludos y un fuerte abrazo

tossan® disse...

Eis um mestre da escrita pairando no ar com imagens incríveis! Abraço

Adelino Marques disse...

Caraças, Caçador, abre o raio da janela...ouve, ouve até te cansares Piazzola e volta à tua saudade criativa.

Micha disse...

Poderoso!

http://www.youtube.com/watch?v=jsMTudiRaSc

CybeRider disse...

Estavam duas cabras a comer e pergunta uma para a outra: "Então, gostaste do filme?" ao que a outra responde: "Humm... Gostei mais do livro..."

Também vou de cá de barriga cheia, mas gosto sempre mais do livro, como desta vez. Pena ser mais raro.

Lembrei-me disto (e não vale tanto pela obra, bem sei...):

http://www.youtube.com/watch?v=Ew5-dPmNGZs

Abraço,

Ñoco Le Bolo disse...


Si las fotos son excelentes, el relato los es aún más. No es inquietante, es impresionante.

abraços

CR & LMA
________________________________

cuentosbrujos disse...

a la paz de mi dios¡¡
vivo sin vivir en mi por eso pido disculpas por la desidiao la demora...
el trabajo que te voy a decir ?
fantastico¡
saludos

Abriles disse...

Saudade... esa palabra seduce... hipnotiza... tanto como esas fotos

Hellag disse...

eu sou uma "desmancha-prazeres", nunca clicko, não sei bem como...talvez um dia! mas tenho de vir aqui, sempre, ainda que sem prenda! sou egoísta, recebo e não dou em troca...as fotos falam por si, o texto, bem o texto fez-me taquicardia!!! até sempre :)