alentejo na tem sombra…


(…nem tem muita gente, ainda por cima têm-lhe fechado os centros de saúde, as maternidades, as escolas… de modo que, por este andar,)  
sobra a luz e a cal

clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikCristina    clikChapa    2ºclikChapa    clikAnaBarata    clikRaq   

20 comentários:

Clarice disse...

Gosto muito da imagem
Gosto muito da mensagem
Gosto muito do poema... "sobra a luz e cal"

bêjo

Adelino Marques disse...

Na tem sombra...mas tem "brancura"...:)

tossan disse...

Escadas que não levam a nenhum lugar?! Vejo muito disso aqui por estes lados e censura reinará neste país. Uma lástima!
A p&b é fantástica! Abraço

Merce disse...

Escadas brancas e sen sombras...
son as do ceo???

Ay! esa foto do perfil e, e... pufff ¡dame medo! ;)

biquiños

arzach disse...

bellissima

cristina disse...

...

http://www.youtube.com/watch?v=WaCAR6juSq4

José Manuel Vilhena disse...

...apanhou a "sobra" de uma forma magnífica...a luz tornada forma.
:)

Chapa disse...

...assenta-te aqui amori à sombra do mê chapéu!
http://www.youtube.com/watch?v=sGDnyq-UR-w

Chapa disse...

à noite também se encontra uma sombra aqui, ou ali.
http://www.youtube.com/watch?v=GBhgE3EMQy4

Leovi disse...

Preciosos tonos blancos

Susanne disse...

I don't recognize you.

Beautiful and strange. A staircase that disappears into the wall. I have not seen before.

Remus disse...

É a crise. Estes governos tiram tudo. Qualquer dia até temos que pagar o ar que respiramos...
;-(

Micha disse...

Gosto imenso! O eterno desafio do branco. Parabens, belissima!

Hugo disse...

Mudaste de cara?!
Os alentejanos continuam a fazer bebés, só que nascem espanhóis.

Ángel disse...

Cuidado que eres atrevido!!!
Déjame que vuele mi imaginación.
Un abrazo

Hugo disse...

Ángel, o que eu disse é um facto. Uma amiga minha de Elvas está grávida. Sabes onde vai ter o bebé? Badajoz.
Não vou dar opinião sobre a concentralização dos serviços, mas foi uma mudança que aconteceu repentinamente e quase sem aviso prévio. Se não fosse Badajoz receber as jovens mães de braços abertos, teriam vários quilómetros para fazerem.

ana barata disse...

E a beleza de uma paisagem onde o olhar se alonga até ao horizonte, e a brancura da cal que contrasta com o azul forte do céu e o vermelho da terra.

Sugestão :http://www.youtube.com/watch?v=MelcSAu0OSk

Bêjo

ruimnm disse...

Excelente ode ao abandono dos homens.

gosto deste quase abstracto de luz.

Raq disse...

Em homenagem ao Alentejo que tenho aprendido a ver e ouvir.
Beijinhos
http://www.youtube.com/watch?v=La1rK0kQbmo&feature=related

calata disse...

ni puerta, jajaja. preciosa fotografía.

un abrazo