Baby Boom


Um dia destes, o presidente Cavaco interrogava-se, com aquele ar circunspectósorridente de boneco de cera crispado que ele tem, sobre as razões da nossa baixa natalidade. Pfff, é simples, pergunte ao governo, ao Sócrates e ao seu inefável ministro da economia, são razões uma atrás da outra para o pessoal se encher de vontade de aumentar a prole;  exemplos de políticas natalistas: a compra de submarinos (para o caso de se perder a chupeta no mar, já me aconteceu), a injecção de dinheiro nos bancos fraudulentos, a compra de carros de luxo para o supremo tribunal e outros directores-ministros-secretários-e-subsecretários-de-estado-presidentes-de-câmaras-administradores-de-empresas-públicas, a contratação de equipas de assessores (os futuros pais nunca pensaram nisto, dá sempre jeito para mudar as fraldas), as visitas papais, as cimeiras da nato, o tgv (dá um jeitão para levar as crianças ao infantário), a compra de veículos blindados (em casos de birras são insubstituíveis), enfim, vocês sabem, incentivos. O Cavaco é que parece que não.

clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikChapa    clikMantinha    clikCristina    clikMicha    clikQuinito   

12 comentários:

Chapa disse...

babyboom versão industrial.
http://www.youtube.com/watch?v=I9tWZB7OUSU

mantinha disse...

http://www.youtube.com/watch?v=AHiRfdLO1ho&feature=fvsr

cristina disse...

... era (do) equívoco...

http://www.youtube.com/watch?v=HHjKzr6tLz0

ñOCO Le bOLO disse...


Nuestros políticos no suelen gastar los dineros públicos en nuestras necesidades. Crean necesidades nuevas que encubren la satisfacción de las suyas propias.
Y así... que se reproduzcan ellos.

un abrazo

CR LMA
________________________________

Micha disse...

no baby boom please! We are just fine ;)

http://www.youtube.com/watch?v=Fitxofd7kOA

Quinito disse...

felicidade

http://www.youtube.com/watch?v=ojo-S53EKqc

legal!

Unai disse...

Como marionetas, interesante entrada.

Un saludo.

Unai disse...

Como marionetas, interesante entrada.

Un saludo.

Clarice disse...

Mais miudos não, please... caso contrário lá vem o tgv (muito me ri nesta parte) para os levar ao infantário, e nós... caminhando sem nunca sairmos do mesmo lugar...

beijo

manuel nieto disse...

gran reflejo, un abrazo

Zé o Caçador disse...

Pois Cristina, parece que quem se equivocou, fui eu, o pessoal não quer saber do aumento dos impostos ou da descida dos ordenados para garantir o pagamento de mordomias à escumalha do costume.

bêjo

Hellag disse...

e decerto que estas roupinhas também não, ao preço que estão...não fossem as feiras...eles sabem lá do que falam...têm tudo, ficam com tudo, falam do que não conhecem... :)