o cabo do mundo


há coisas, pequenas coisas que nos acontecem, que nos fazem sentir assim tão pequenos, do tamanho do nosso verdadeiro tamanho, e que o cabo do mundo pode ser já ali na próxima curva...

(olá, hi e isso, desta vez, é só fazerem click na foto)   clikCybeRider    clikIris    clikChoca    clikRemus  -

16 comentários:

Rute disse...

Por momentos pensei que era ' O Cabo do medo'...no fundo, no fundo ia dar ao mesmo!
grande perspectiva. Gostei muito

1 beijo

José Manuel Vilhena disse...

já tinha saudades de uma curva assim,vinda lá do fundo do fundo.
:)

CybeRider disse...

E sem cabo não estava aqui. Dizem eles que por mais que ganhe acabo por perder...

Não te conhecem este paradeiro, de onde se sai sempre com ganho.

De qualquer modo, cá fica:

http://youtu.be/7ByHm_Op5mM

Abraço

Minimal disse...

Me gusta mucho, gran composición.

Un saludo.

XuanRata disse...

Columna vertebral o cordón umbilical, último cable. Desolación de sal, desalación de sol.

Abrazo.

ñOCO Le bOLO disse...


· Realmente, somos muy pequeños ante un apabullante universo que nos envuelve. Sólo la estupidez humana puede hacernos sentir que somos algo importante.
Bueno, con esta foto, tú si que lo eres.

· abraços

CR. & .LMA
________________________________
·

IRIS disse...

é, dear, é um verão de alguma forma difícil. mas há sempre a música, que nos devolve as (nossas) divinas proporções.

http://www.youtube.com/watch?v=u_8mkOa6L9k

um grande beijo

ZEKARLOS disse...

Perfeito título e excelente foto, como sempre, em grande. Abraço

María disse...

Marte
¿De regreso a casa? Hi Hi

Choca disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ZDN9y2vTdUs

Remus disse...

Será que o amigo sabia, que para os lados do Porto, existe uma terra que se chama "Cabo do mundo"?
:-)

Desta vez deixo uma musica épica para ouvir de olhos fechados.
http://www.youtube.com/watch?v=ASj81daun5Q

mfc disse...

As tuas fotos sempre nos interrogam.

Regressado de férias fica aqui um grande abraço.

Margaridaa disse...

... se o cabo do mundo fica a li, o principio também fica. E podemos absorver o que nos rodeia com mais facilidade. Hi Hi,Dear Zé!

Fábio Martins disse...

Muito bem observado :)
Gosto deste p&b

TERE disse...

Otro finistere ! bonita foto...

L.Reis disse...

Ao fim e ao cabo tudo se resume àquilo que se descobre na próxima curva e até pode ser que nessa curva qualquer descubramos que não temos um verdadeiro tamanho, crescendo ou minguando à medida dos passos que fazemos acontecer... e espero que isto faça algum sentido para ti, porque senão fico para aqui a pensar que, com a chegada da noite, me farto de dizer asneiras ! :D