o sítio das lágrimas



(para cantar - mais ou menos, assim em jeitos de adaptação  - com a música deste clik)   clikAT    clikCybeRider     

      em mim há qualquer coisa que se arrasta
      em mim há qualquer coisa que me dói
      em mim há qualquer coisa que se afasta
      em mim há qualquer coisa que me rói

      em mim há qualquer coisa que é nefasta
      em mim há qualquer coisa que não sei
      em mim há qualquer coisa que se gasta
      em mim há qualquer coisa onde errei

      em mim há qualquer coisa que s’ausenta
      em mim há qualquer coisa que não está
      em mim há qualquer coisa turbulenta 
      em mim há qualquer coisa que não dá

      em mim há qualquer coisa que se quebra
      em mim há qualquer coisa que eu perdi
      em mim há qualquer coisa que não medra
      em mim há qualquer coisa que se ri

      em mim há qualquer coisa que há em mim
      em mim há qualquer coisa que não sei
      em mim há qualquer coisa de ruim
      em mim há qualquer coisa que eu matei


9 comentários:

ñOCO Le bOLO disse...


Por fin alguien ha encontrado el lugar a donde van a parar nuestras lágrimas de amargura.
Amigo, los PIGS vamos a inundar ese lugar, con las políticas de nuestros 'amigos' comunitarios.
La foto es genial.

· abraços

· CristalRasgado · & · LaMiradaAusente ·


Chapa disse...

Onde é que é o botão do "gosto"?

the dear Zé disse...

o dinheiro não deu, acho que por causa da tróica...

at disse...

Em ti há qualquer coisa que desperta
Em ti há qualquer coisa que me atrai
Em ti há qualquer coisa que me aperta
Em mim há qualquer coisa que diz ai!

a fotografia merece um quelique:
http://youtu.be/6ZrUBM5Ah10

the dear Zé disse...

:-)

CybeRider disse...

Além de poeta, escreves poesia! Esta coisa de pores crocodilos a cantar "a cappella" é qualquer coisa que desafia a mais aguçada imaginação.

http://www.youtube.com/watch_popup?v=Il1vGtg7CiM

Abraço

Remus disse...

Muito sinceramente, acho que a adaptação é melhor que o original.

L.Reis disse...

Este post está a precisar de sete buraquinhos ali à direita (pelo menos na minha banheira são sete) para escoar algumas mágoas , que uma pessoa vem aqui e fica com a água pela cintura e ainda tem que se esfalfar a fugir do crocodilo...chiça que é preciso fôlego!

:.tossan© disse...

A foto black & white é fantástica! Show de imagem! Abraço