Crónicas urbanas



A Cidade é um rio, de gente
árvores, lojas, cães
casas como barcos
navegam no alcatrão das ruas

A Cidade é um zumbido
templos de oração e súplica
tabernas e escolas
caminhos de sonhos, e luzes

A Cidade são os telhados do povo
e a fruta nos lugares
roupa que seca ao som das buzinas
mil pássaros em gaiolas

A Cidade é o cheiro
que tem a cidade
crude, relva, maresia
saudades da terra e axilas

A Cidade tem rodas de autocarro
e automóveis que lhe entopem as veias
as frutos das árvores são pombos
que grafitam estátuas e pedras

Na Cidade
o Sol põe-se mais cedo
para ver brilhar as janelas


clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikCristina    2ºclikCristina    clikChapa    clikH    clikRuimn    clikAnaC    clikSérgioAires    clikClarice    clikAnaBarata clikRemus

24 comentários:

cristina disse...

:-) caçador, tenho duas sugestões e não sei o que fazer. por isso, se achares graça a alguma, escolhe tu, pf ;-)

http://www.youtube.com/watch?v=FANQBrCg8vw

http://www.youtube.com/watch?v=L33mpJO2MaE&feature=related

Caçador disse...

Excelentes escolhas Cristina. Adorei esse filme e o outro que veio antes ou depois, já não me lembro.Completamente crónicas urbanas, e a música também, por isso, pus os dois.

Muito obrigado minha querida Cristina, beijos.

Caçador disse...

Escrevi esta coisa aqui há uns anos, num outro tempo que não este. Hesitei, hesitei, e lá acabei por colocá-lo aqui timidamente... como quem pede desculpa. Mas pronto, já tá.

Chapa disse...

Para cantar a cidade, escolhi a 1ª grande canção rock em português. Do tempo em que isso era uma miragem.
http://www.youtube.com/watch?v=BMGQz_QyLIw

Chapa disse...

Já me esquecia. A fotografia está espectacular.

haideé disse...

El video no se escucha bien: te pongo dos, así decides tú cual de ellos pones, si te gusta. El tema está sacado de un poema de Lorca.

http://www.youtube.com/watch?v=rj0X2RaPSqM

http://www.youtube.com/watch?v=xXOkR1xF6LA

Me gusta, me gusta como lo has escrito.
Pienso que son tantos los factores que han hecho posible que existan las ciudades, que ahora ya sería privilegio de tan sólo unos pocos no vivir en ellas. La imagen lo expresa muy bien, cajones, encajonados, cerrados aislamientos, muros, como el de PInk Floid... El sol, sigue estando ahí...

Un abrazo

haideé disse...

Por cierto, Petula Clark, ni me acordaba de ella... Me han gustado todos, el 5 no tanto, y el segundo de Cristina, hacia también mucho tiempo que no lo escuchaba. Esta bien estas cajitas de sorpresas :)

De nuevo un abrazo. Sigue animándote, por favor -.-

ruimnm disse...

Ver para além do que a cidade nos mostra, imagem fantástica.

A minha contribuição:

http://www.youtube.com/watch?v=k8HsEbb-9sA

Arte-amaia disse...

Que curioso la foto, me gusta mucho.

Buen trabajo

Ana C. disse...

Primeiro a foto, criatividade e originalidade. Excelente.
O poema, um retrato muito bonito da cidade.
Por fim, a música
http://www.youtube.com/watch?v=zcfoOKL-eyg

Gabiprog disse...

Trozos
pedazos
al final forman un infinito.

un abrazo

cristina disse...

sim, "smoke", deliciosas crónicas da cidade admirável... como essa tua, a partir dessas tuas janelas... :-)
beijos

Ángel Corrochano disse...

Todos son parte y todas las partes forman un todo, un enjambre, una colmena entera ... un mundo en una ciudad, un mundo lleno de pequeños seres que viven, se desesperan, aman, mueren ....
Qué buenas palabras para tan gran fotografía, amigo.
De vuelta, entusiasmado por estar por aquí, con tu permiso, de visita, me encuentro como en casa.
Un abrazo

haideé disse...

Te voy a pedir un favor Caçador:
Por favor no pongas mi nombre al lado del clik, es suficiente con haber dejado el comentario y que a ti te haya gustado, ponlo como si fuera tuyo. ¿Me harás ese favor? ¿Si? Gracias :)

Un abrazo

Caçador disse...

Ok Haideé, se no quiers tu nombre non lo pongo, pero no pongo el clik com se fuera mi clik. Lo de cada uno, es de cada uno...

mfc disse...

Um olhar lindo sobre Lisboa...

Ao ver a foto a primeira coisa que me ocorreu foi... Aljube!

Merce disse...

mmm grande fotografia, grandes palabras. Que ben fixeche poñelas no blog :)

Biquiños

Sérgio Aires disse...

Porque de Cidades falamos... acho que esta era inevitável: http://www.youtube.com/watch?v=8x60sWyhCt8&feature=related

Clarice disse...

E como eu gosto de ver amanhecer as cidades, ainda acordada...

http://www.youtube.com/watch?v=j6QNMPM_XIE

E como eu gosto desta tua fotografia...

ana barata disse...

Cidade recortada, pequenos fragmentos. Vislumbres da vida lá fora, do ruído e da velocidade em que ela vai acontecendo.
Bela imagem e mais um texto cheio de imagens também.
A minha sugestão, se achares por bem:
http://www.youtube.com/watch?v=cNn2NcPtFSY

chanclas disse...

Una imagen realmente buena. Agobiante y un tanto angustiosa. El texto soberbio. Un abrazo

Remus disse...

Em 1º Lugar: Adorei a fotografia. Um grafismo carregado e bem ao meu gosto pessoal

Em 2º Lugar: Fico à espera de uma Ode ao Campo. :-)

Em 3º Lugar: A minha sugestão: http://www.youtube.com/watch?v=-3RIabl70Og
:-)

L.Reis disse...

isto sim é que é "uma magnífica coisa inútil"... como a vida que faz de conta e se escreve como banda desenhada.
( A fotografia...de tão magnífica, faz as palavras inúteis-as minhas, claro)

Walter Neiger disse...

brilliant b&w-work ... I like it!