Espectadores

Todos os seres humanos podem invocar os direitos e as liberdades proclamados na presente Declaração, sem distinção alguma, nomeadamente de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação. (Artigo 2.º da Declaração Universal dos Direitos do Homem)

A não ser, é claro, se fores diferente. Ou pior ainda, se fores pobre. 

27 comentários:

ALeks disse...

Beautiful!!
Good choice by clik!

Catarina disse...

Fantastica entrada, tanto la letra como esta magnifica fotografia...un abrazo

Clarice disse...

Este olhares chamam por nós... e gritam tudo!
Só que há sempre quem não os oiça. Mais do que ser surdo a pobreza é não Querer,quando se pode, escutar...

José Manuel Vilhena disse...

Mas o sonho é que ninguém prende...já reparou no olhar da criança que está de pé?...claro que reparou,afinal é o autor desta excelente fotografia.
:)

Susanne disse...

Fair words on a paper....how often is it true in reality???

ci disse...

deixaste-me com um nó na garganta. poderosa a imagem e a escolha do click. um abraço.

Gabiprog disse...

La curiosidad de quien observa y de quien es observado.

Cla Leal disse...

Que lindo retrato, Caçador!! E grande protesto...
mais um maravilhoso port!
Parabéns!

Chapa disse...

Continua a fazer história, com a atitude correcta, as imagens precisas e o texto incisivo.
http://www.youtube.com/watch?v=DsnVBffI0CA

Hellag disse...

quem observa quem?!?
grande impacto nos transmite a foto :)

ruimnm disse...

:o

Adelino Marques disse...

Quem observa quem?
De quem é o olhar ? Das crianças ou do Caçador que o viu e nos partilha?
E o que fazemos?
O sonho continua...

William Alexander López disse...

Precioso retrato, un blanco y negro inmejorable !

CybeRider disse...

Já sabia, que também os vês.

http://www.youtube.com/watch?v=oWiaeMvYuBc

Há quem se ria muito com isto...

Abraço :(

cristina disse...

Esse título é muito mais que um tratado. Espectador é como alguém não pode deixar de se sentir perante a brutalidade da evidência que demonstras. (Re)tomar a consciência desse artigo 2.º provoca uma sensação momentânea de esquizofrenia, fica-se ali, mentalmente perdido entre dois mundos e um deles tem que ser real e o outro tem que ser ficcional. Mas, depois, o consentimento que tácita ou explicitamente damos todos os dias faz da pobreza uma escandalosa violação dos direitos humanos.
Esse click é único e bastaria, porque a sua linguagem é aterradoramente universal. Mas ficam aqui mais duas sugestões, a diversidade pode sempre aumentar a probalidade da comunicação, e é isso é algo que podemos fazer (e assim voltamos a esse título genial).

http://www.youtube.com/watch?v=TkP41ShjDNM

http://www.youtube.com/watch?v=WX66ByPE-KI

alterdom disse...

Extraordinaire regard d'adulte sur regards d'enfants,
PARABENS!

Amorena disse...

... olhares supr'intensos d 1000 palavras silenciadas...

Remus disse...

Acho que este é um bom filme que retrata essa mesma realidade.

http://www.youtube.com/watch?v=AIzbwV7on6Q

manuel nieto disse...

sobre todo si eres pobre porque diferente y con dinero artista raro, un abrazo

Caçador disse...

Claro Manuel, es eso. Se tienes mucho dinero puedes ser excéntrico o lo que quieras qui siempre seras perdonado y incluso, admirado.
Son los pobres que no poden ser negros, mujeres, homosexuales, extranjeros, gordos, feos...
A los ricos, nadie discrimina.

Ana C. disse...

Conheço tão bem estes olhares e o que eles pedem.
Excelente retrato.

http://www.youtube.com/watch?v=nIbnOuk2OUc&feature=related

Raq disse...

Uma fotografia que vale por mil palavras...
http://www.youtube.com/watch?v=3YPNvzDYr7g&feature=related

teca disse...

Excelente, meu caro!

Embora a lei cite "sem distinção de qualquer natureza", nós sabemos da prática.

Beijos vou te seguir...

calata disse...

el dinero es el gran descriminador entre los seres humanos. buena foto, saludos

kiko esperilla disse...

Así queda completo el artículo. Nunca nos ponen la letra pequeña. Estupenda foto amigo

Merce disse...

... volvenseme a esgotar...

e faiseme un oco no corazon...

ss disse...

Fiquei apaixonada por esta foto.