vislumbre vertical em modo de alegoria




«Sócrates - Agora imagina a maneira como segue o estado da nossa natureza relativamente à instrução e à ignorância. Imagina homens numa morada subterrânea, em forma de caverna, com uma entrada aberta à luz; esses homens estão aí desde a infância, de pernas e pescoços acorrentados, de modo que não podem mexer-se nem ver senão o que está diante deles, pois as correntes impedem-nos de voltar a cabeça; a luz chega-lhes de uma fogueira acesa numa colina que se ergue por detrás deles; entre o fogo e os prisioneiros passa uma estrada ascendente. Imagina que ao longo dessa estrada está construído um pequeno muro, semelhante às divisórias que os titereiros armam diante de si e por cima das quais exibem as suas maravilhas.
Glauco - Estou a ver.
Sócrates - Imagina agora, ao longo desse pequeno muro, homens que transportam objetos de toda espécie, que os transpõem: estatuetas de homens e animais, de pedra, madeira e toda espécie de matéria; naturalmente, entre esses transportadores, uns falam e outros seguem em silêncio.
Glauco - Um quadro estranho e estranhos prisioneiros.
Sócrates - Assemelham-se a nós. E, para começar, achas que, numa tal condição, eles tenham alguma vez visto, de si mesmos e de seus companheiros, mais do que as sombras projectadas pelo fogo na parede da caverna que lhes fica defronte?
Glauco - Como, se são obrigados a ficar de cabeça imóvel durante toda a vida?
Sócrates - E com as coisas que desfilam? Não se passa o mesmo?
Glauco - Sem dúvida.
Sócrates - Portanto, se pudessem comunicar uns com os outros, não achas que tomariam por objectos reais as sombras que veriam?
Glauco - É bem possível.  
Sócrates - E se a parede do fundo da prisão provocasse eco sempre que um dos transportadores falasse, não julgariam ouvir a sombra que passasse diante deles?»


clik1    clik2    clik3    clikRemus    clikCybeRider    clikSusanne    clikAnaBarata  

6 comentários:

Remus disse...

Este Sócrates é o mesmo do "Porreiro pá!"?
Mais filosófico que isso, desconheço. Até porque nunca estudei filosofia...
:-)
http://videos.sapo.pt/lTtlHvnStz69OQmzCEC8

the dear Zé disse...

não, parece que este era um gajo porreiro

CybeRider disse...

E haviam de garantir que não há estrelas no céu.

Só os cegos saberiam a verdade. Os cegos, e os loucos.

Sócrates teria de mudar de opinião se renascesse. Há muito que o mundo não é o que vemos, ouvimos ou pensamos; é o que nos dizem que é, e em muitos casos é o que nos obrigam a aceitar que seja.

"Eppur Si Muove..."

https://www.youtube.com/watch?v=Cy839i3Y0fs

Abraço

Susanne disse...

http://vimeo.com/1070177

beijo

ana barata disse...

https://www.youtube.com/watch?v=UQfRdl3GTw4

Beijo

XuanRata disse...

Profundizar las grietas puede ser la única manera de construir algo medianamente consistente.

Un abrazo, amigo.