Auschwitz, altar do mundo.


Peregrinação aos infernos. Ao centro do mal, absoluto e brutal. Lugar de todos os horrores, de todas as tormentas e infâmias. Um tempo que gostaríamos de ver bem longe e enterrado nos livros de história. Mas lugar que hoje alguns, muitos, tentam negar e fazer esquecer. E que alguns, demasiados, procuram apagar das nossas memórias.

Serve o presente para anunciar uma exposição deste vosso amigo que terá lugar entre 21 de Janeiro e 28 de Março no foyer do Auditório Municipal do Pinhal Novo, Palmela. A inauguração é esta noite às 21h e estão todos convidados.

clik1    clik2    clik3    clik4    clik5    clikPC    2ºclikPC    3ºclikPC    clikChoco    clikChapa    2ºclikChapa    clikCristina    clikRemus    clikCi    clikRaq

25 comentários:

ci disse...

e então não se anunciam estas coisas mais cedo?...

PC disse...

Sem comentários!!!

http://www.youtube.com/watch?v=o1QLUYksPPs

E lá estarei, claro!

PC disse...

Mais duas sugestões para os cliks. Escolhe o que mais gostares, se é que achas que algum vale a apena...

http://www.youtube.com/watch?v=cZQFjBi7Eio

http://www.youtube.com/watch?v=kcDwst8ANro&feature=related

Choco disse...

http://www.youtube.com/watch?v=lstDdzedgcE

Chapa disse...

Para que perdure a memória, continuamos a dizer não a todos os totalitarismos.

http://www.youtube.com/watch?v=fcdoaNsaQos

http://www.youtube.com/watch?v=GziN5U2UpqA

JMV disse...

Ia a desejar boa sorte,mas é mais uma questão de ideias e qualidade e isso não lhe falta!
um abraço

kiko esperilla disse...

Produce escalofrios ver esa via y esa puerta, pero no debe olvidarse jamás lo que pasó. Buena entrada compañero y suerte en la exposición

CARLOS disse...

la foto genial...el lugar horroso por lo que representa..
salu2

Helena Paixão disse...

É imperioso que as memórias não se desvaneçam, que as provas se divulguem, para que os que negam esta realidade atroz não vençam.

Parabéns e votos de um grande sucesso para a exposição!

cristina disse...

Fantástico nome que deste à exposição. Possivelmente, em torno dele poderíamos falar de quase tudo o que é fundamental compreender sobre esta tragédia, para que algo possa transformar-se profundamente dentro de cada um de nós, única via para a aprendizagem da humanidade. Que este altar permaneça sagrado apenas na exacta medida da separação de que precisamos para não profanar a sua memória. Muitos parabéns pelo teu sentir.
A sugestão para o click é de um filme que me parece questionar muito inteligentemente a essência (a loucura) da dominação, da violência, e que, por isso, nos pode fazer compreender melhor porque é que “isto” aconteceu em Auschwitz e em tantos outros lugares da história. E sobretudo, ajudar a perceber que permanece e a compreender porque é que diz muito mais directa e profundamente respeito a cada um de nós do aquilo que nos dizem as notícias diariamente.

http://www.youtube.com/watch?v=cvetFE0usmQ

Um beijo e um enorme sucesso para a exposição, pois claro

ana barata disse...

Devemos continuar sempre a lembrar, a mostrar como as trevas tentam sempre dominar e combatê-las é também não deixar esquecer infernos como este.
De certeza que esta tua exposição vai contribuir para que esta memória não seja apagada.

Beijos.

Caçador disse...

Pois é, devia ter anunciado mais cedo, esqueci-me...
Se qualquer modo vai lá estar mais 2 meses...

ruimnm disse...

Parabéns.
Não poderei estar, sou de longe... com pena minha.

Hellag disse...

que a memória nunca se apague! Muitas felicidades para a exposição que decerto será um sucesso, assim o desejo!

Sérgio Aires disse...

Um dos lugares mais estranhos em que estive. Parabéns pela exposição. Quem sabe não dou lá um salto...

Merce disse...

Auschwitz... produceme escalofrios

igual que a tua fotografia. Boa, moi boa.

Bicos e moitisima sorte con esa exposicion. E, non caerá nunca nada por esta pequena cidade? ;)

AB disse...

A pensar que estas vías llevaban wagones de gente a su destinación final.

Remus disse...

http://www.youtube.com/watch?v=MWY_opeJFPo

Gabiprog disse...

Que la memoria persista!!!
Siempre!!

ci disse...

Depois da tentativa de cancelar a memória com o roubo da placa, ainda bem que há quem a tente preservar de algum modo. Foram situações tão extremas que apenas me lembrei que não deve ser fácil manter estes testemunhos. Assim, o meu click é:

http://tg24.sky.it/tg24/mondo/2009/03/01/Allarme_dalla_Polonia_soldi_per_salvare_Auschwitz.html

Andres Vargas disse...

Maravillosa composicion y excelente virado.

Raq disse...

Tema difícil mas com escolha fácil
http://www.youtube.com/watch?v=5sQhTVz5IjQ

Ñoco Le Bolo disse...


Esa palabra ya es el infierno.
Esas vías van al infierno
Esa foto nos recuerda el infierno que hemos sido capaces de construir.
Solo nos queda la esperanza de que la historia no se repita... que no la repitamos.

saludos

CR ____________________________________
LMA

Caçador disse...

Obrigado a todos pelo vosso apoio e comentários e tudo.

Ángel disse...

Es importante mantener la memoria histórica bien viva, contra todos aquellos que llaman a olvidar o minimizan los desastres pasados. Gran fotografía.
Llego tarde a la inauguración, espero que me guardaras alguna copa de champán (para los rezagados). te deseo lo mejor en esta nueva exposición. Estás imparable, amigo
un abrazo