a líquida luz... que do mármore brota...

esta - embora não seja cal - vai para o senhor administrador do edificante Ruinologias

13 comentários:

José Manuel Vilhena disse...

..."a líquida luz"...fantástica.E obrigado.
:)
ps-há um belíssimo poema do Eugénio de Andrade sobre a luz se transformar em pedra.Se o encontrar ainda passo por cá depois.

José Manuel Vilhena disse...

raios,é mais ou menos assim
"Era no verão ao fim da tarde, como Adriano ou Virgílio ou Marco Aurélio entrava em Roma pela Via Ápia e por Antínoo e todo o amor da terra juro que vi a luz tornar-se pedra."
Um abraço

Ángel disse...

Es bueno conocer mediante el experimento práctico, como la física y la óptica andaban equivocadas
Un abrazo Maestro

ruimnm disse...

apetece molhar as mãos em luz...

Chapa disse...

O ar leitoso da tua luz liquefeita, fez me lembrar a leitaria. Sabe-se lá porquê.
http://youtu.be/6PG1wcMSpNM

mfc disse...

Uma foto intrigante!!

CybeRider disse...

Cada casa tem a sua própria luz, nem sempre é fácil dizer de onde vem, mas existe, e renova-se,

http://youtu.be/MQzldrC870s

por vezes permanece nas pedras, noutras, parte na alma dos que a habitaram, viaja-lhes na corrente sanguínea e fá-los voltar ao lugar donde partiram.

http://youtu.be/R2i_-F8JftE

Abraço

at disse...

http://youtu.be/NMc4pahBv9k

Choca disse...

http://www.youtube.com/watch?v=DLOth-BuCNY&feature=related

IRIS disse...

é por querer agarrar a si o chão que adquire o peso, o peso líquido, ainda não pedra porque ainda viajante :-)

http://www.youtube.com/watch?v=Q5c9u1oP3dI

öpücük

Rute disse...

A luminosidade que se solta da água fascina, atrai...dá vontade de mergulhar!

1 beijo:)

Remus disse...

Nunca algo parecido com um esgoto, me pareceu tão bonito.
Fotografado com grande mestria.

Michèle Dassy disse...

Eu amo essa foto. Porque os materiais e estados diferentes. Parece que ela anuncia as seguintes fotos.