o rio da minha aldeia





22 comentários:

tossan® disse...

A tua aldeia é muito verde. Que inveja! O fotógrafo criativo é o que mais agrada sempre! Excelentes! Abraço

Li Ferreira Nhan disse...

Pode dois cliks da Terra de Vera Cruz?
Um das Minas Gerais:
http://youtu.be/j32B7tz-5Cs

e o outro bem caipira, pertinho daqui de São Paulo:
http://youtu.be/8hFFXAw2RhE

beijo

(Adorei ver o António Variações)

Ángel disse...

Lugares como este no deberían desaparecer nunca. Es un refugio de lujo.
Un abrazo compadre

ChocaNoRio disse...

http://www.youtube.com/watch?v=vZYbEL06lEU

Aretusa disse...

Viva la naturaleza!!!!!!!!!!!!

CybeRider disse...

E podia até ser que tivesses um "dragão tatuado no braço, calção, corpo aberto no espaço". Que sensação causarias nas imediações do teu Rio de Março, a despertar o desejo das Babies da tua aldeia!

http://youtu.be/PCHBpkaqM1Y

Mas o Fausto que recordas, e descreve rios como ninguém, escreveu e a Né cantou esta, mais a condizer, e que fala de saudades tuas, tema fácil que domino:

http://youtu.be/_Guz59eg5Hc

Abraço

João Mourão disse...

Na minha também há um rio, e recordo com saudade a hora do banho, com corda e pneu atado a uma árvore.

mfc disse...

... e o rio lindo escondidinho bem lá no fundo do verde!

mfc disse...

... e o rio lindo escondidinho bem lá no fundo do verde!

Chapa disse...

Cada aldeia tem o seu rio. http://youtu.be/x-4lCyau9pI

Chapa disse...

O meu há-de ser sempre o Tejo.
http://youtu.be/8ccdl3Vn8Vk

IRIS disse...

são sumptuosos e exuberantes estes rios interiores, embrenhados por entre os tecidos musculados do coração. são tão diferentes e tão iguais quanto o pode ser cada um de nós e são de todas as partes do mundo. os poetas sabem deles todos ;-)

http://www.youtube.com/watch?v=gD1hn1KpgHA

beijo virente :-)

Merce disse...

Totalmente sintonia sen fios, jajajaja eu tampouco o podo creer :)))

Os vosos rios estan ben mais verdeciños que os nosos... ogallá chova porque como sigamos así, iste ano vai ser ben duro.

Biquiños en sintonia sen fios!!! jajajaja

ZEKARLOS disse...

Isto deve saber tão bem de verão...as fotos são muito boas. abraço

Yanneck disse...

um rio escondido...
boas fotos
abraço

Remus disse...

É quase como fosse na Amazónia. Com uma vegetação luxuriante. Vamos ver se aguenta e se os incêndios não dão cabo dela.

Como a minha aldeia não tem rio, vou deixar um clik sobre o rio Douro.

http://www.youtube.com/watch?v=4DyikzUf4Yk

Rute disse...

A mim parece-me que o rio da tua aldeia está quase sem água, apesar da luxuriante vegetação...estarei eu enganada?!

* Gosto destes teus verdes, muito verdes

1 beijo:)

haideé disse...

Vivimos presos de lo que creemos. Nos convertimos en ello y... dejamos de apreciar el inmenso regalo que significa estar vivos.
La solución siempre está a nuestro alcance. Dejando de pensar con las mismas ideas de siempre se consigue la transformación.
Yo veo vegetación frondosa y salvaje. Hermosa y olorosa :)

No has contestado a mi pregunta. Me gustaría que lo hicieras. ¿Por qué no me dejas comentarios? Por favor, es importante para mi saberlo.

Michèle Dassy disse...

i love those pictures that show vegetation growing up in luxury.

haideé disse...

Bueno, no volveré.
Gracias por todo :)
Un cariñoso abrazo :)

Anónimo disse...

Fermosa a natureza da tua aldeia. Parezma coma a miña
Breves saúdos
Deica logo.

Anónimo disse...

Tiña que ser na maravillosa Lusitania coa que estou ben relacionado.
Breves
Deica