Lá fora

O que há lá fora? Um sítio real ou a ilusão de um lugar? Um mundo desconhecido e fantástico ou um local assustador? Lá fora é melhor do que aqui ou tudo é demasiado estranho? As pessoas são mais felizes e alegres ou não sabem sorrir? Lá fora, são mais pobres ou mais ricos? E o que é que comem lá fora? Faz mais frio ou é sempre Verão? Quem são os outros, lá fora?
Claro que cá dentro é mais seguro. Aqui sabemos quem são os nossos. Conhecemos os caminhos, as casas, as pessoas. Sabemos com o que contar. Ou não?
Lá fora, o que é? 

 clik1      clik2      clik3      clik4      clik5      clik6      clik7      clik8    

3 comentários:

haideé disse...

:)
Cierto que muchos aún vivimos así, con el miedo a lo de afuera, pero esto pasa hasta con nuestro cuerpo. En realidad vivimos nuestro cuerpo como si nos fuera ajeno, quizá por eso nos autoprotegemos tanto creyendo que lo de afuera es el enemigo. Pero no hemos de ser crueles (si, ya sé que al estar con miedo podemos serlo) pero todos nos hemos equivocado por tener miedo. Juzgamos por ignoracia, por creencias que nos sustentan en el modus gregario humano, una necesidad para la supervivencia transformada en ese afuera lejano y ajeno. Mas tener presente una cosa, el peor enemigo está en nuestro interior, ya que somos nostros mismos.

Hermoso lugar lleno de agreste belleza. Arboles y piedra conviviendo en armonía, en presente sin dolores ni rencillas, aprendamos de ellos.
Un abrazo

Anónimo disse...

Só faltou este:
http://www.youtube.com/watch?v=BMGQz_QyLIw

CybeRider disse...

Aflorei o tema no meu "Aquário" de Fevereiro; fico sempre dividido, entre as aprendizagens do "Triunfo dos Porcos" e "A Ilha"; isto é redondo... Lá fora estarão os nossos clones. Somos peças suplentes de que equipamentos? Ou estamos apenas a imaginar um prado para espalharmos as nossas laranjas mecânicas?