Mais do que chuva



O vento lambeu as nuvens bem ali no meio das coxas. E o dia deu em chover.

  clik1     clik2     clik3     clik4     clik5     clik6     clik7     clik8     clik9      clik10     clik11       clik12

20 comentários:

Chapa disse...

Longooooos pingos de chuva escorrem pela tela, enquanto, ao fundo o sol observa curioso.

luisM disse...

Olha, olha, a chuva de Abril!
Velhos tempos, em que se faziam fotografias aos elementos, no concelho. Os homens é que não souberam reconhecer o bem da natureza, e desperdiçaram a oportunidade de a homenagearem criativamente. Neste caso pode-se dizer que a culpa foi do profeta, que confundiu os seus seguidores, que se desnortearam e não largaram o dogmatismo.

Perdoa-lhes Senhor, que não sabem o que fazem!
(o problema são os agnósticos, ficam sempre mal)

Micha disse...

se me permite a ousadia...esta sua deliciosa chuva nao poderia comecar com melhor trovao do que o master waits...but...acho que terminava perfeita com a rain do Ryuichi Sakamoto :)

haideé disse...

La traducción muy erótica.
La imagen,
erótica en curvas y quebradas,
iluminadas,.. ¿de lluvia?
Lluvia, recogiendo lluvia.

Los vídeos estupendos. Me encanta Tom Waits,
Besos

haideé disse...

Te dejo este enlace para que disfrutes de más lluvia :)

http://www.youtube.com/watch?v=8tKfYwc4zxA

Camarandante disse...

Una foto estupenda cazador!! las formas que incluyes en la imagen, muy sujestivas, bien!

Abrazo!

Caçador disse...

Micha e Haideé, a vossa sugestão (ambas pensaram no mesmo) é excelente, mas tenho sempre de excluir coisas. Mesmo assim acho que já ponho clikes a mais, qualquer dia esgoto os temas.

Luís, se o profeta é quem eu penso, pois bem preguei eu para os peixinhos...

Gracias Camara, camarada siempre presente.

luisM disse...

Estás a pensar bem, meu irmão! Pois bem tentaste que os homens caíssem na perdição, mas não, surdos às palavras verdadeiras, lá se foram atrás dos falsos ídolos, chafurdando na lama da banalidade!
Iria aqui parafrasear Einstein, mas não vale a pena...

Diverte-te e não deixes de disparar, farpas de preferência.

ana barata disse...

E hoje o dia amanheceu azul e luminoso! Ficam estes registos maravilhosos de dias mais cinzentos e introspectivos. O conjunto não podia ser mais inspirador.

(Pratt também é um dos meus favoritos, sempre. Bilal nem tanto, gosto mais de Tardi e Comes)

Selena Sartorelo disse...

Mais do que chuva...
Água que não molha
Crava!
Mais do que chuva..
Luz que escurece
quando o dia se faz
Mais do que chuva...
Nuvens que sufocam
Inundam,asfixiam
Mais do que chuva...
A terra que aterra
seu próprio existir.

beijos e bom domingo.

Silvares disse...

Vá lá, hoje houve solinho. Há algum monumento ao Sol aqui pela urbe?

Caçador disse...

Se não há faz-se, de preferência em aço corten... que este é ano de obras.

anamar disse...

Hoje vim ao CLIK11, uma delícia....
Abraciho

Margaridaa disse...

Bom trabalho, Caçador, inspirado e cuidado.(Conheci-te através do blog da ana barata).
"Cacei" uma imagem tua para exibir no
Desviarte(Brilhante ideia, essa dos clics adicionais!)

Montse Argerich disse...

Impresionante!!!
Tienes razón, hemos coincidido con el tema lluvia... je je
Me encanta la tuya, has utilizado la imaginación magistralmente!!
Te agradezco mucho tus comentarios!!
Un abrazo ;)

Osselin disse...

Um autentico Dali, amigo.

Manana disse...

Lembrei-me da nossa avó: Está a chover e a fazer sol (luz eléctrica neste caso) e as bruxas a comer pão mole.
Joca

haideé disse...

Lo siento Caçador pero no entendí bien la contestación. Lo de que coincidimos si, y es curioso porque no leí su comentario... Fue lo que dices relacionado con los vídeos, supongo que es sobre esto, pero aunque lo intenté traducir no logré entender bien.
Beso

Caçador disse...

Haideé, quiero decir que no puedo poner tudo, que ja pongo demasiados vídeos y que un dia, a este ritmo, me voy a agotar los temas y me quedo sin vídeos.
Beso

haideé disse...

:) jeje. vale :)
Gracias